Da Série Filmografia: The Square: A arte da discórdia

http://cine-cultz.blogspot.com.br/2018/01/the-square-arte-da-discordia-2017.html#more (online)

https://sonatapremieres.blogspot.com.br/search?q=the+square+ (baixar)

A arte é um belíssimo bem de consumo? Somos sofisticados e perfeitamente humanos em nosso egoísmo pomposo? Uma espécie de faixa de pedestres ( tipo um contrato entre o motorista e o pedestre onde este deve ser protegido por aquele). O mais fraco deve ser cuidado pelo mais forte, certo? E na selva social como funciona? Ter dinheiro é bom e é gostosinho o problema é q há os mendigos para incomodar nossa consciência, né. Entre o conforto dos bens pensantes, dos entendedores de arte, dos financiadores de uma exposição tão bela e encantadora como a hipocrisia nossa de cada dia. Testando os limites da admiração de um quadro (social?) e o umbigocentrismo das necessidades de facebook e mídias sociais correlatas onde mais vale um sorriso e nosso caráter ilibado e zeloso dos valores ético/morais desta combalida desumanidade.

 

sta

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

um balde caindo da escada em meus pensamentos ímpios

eu digo tantas coisas enquanto vc
desaparece no horizonte
junto a minha ilusão de ter dito alguma coisa
q valha a pena
q faça sentido
diante do absurdo comezinho dos dias
e das noites
eu apenas penso nas coisas indo e vindo
no quanto a gente aqui agora é apenas uma das formas
do disparate a q se convencionou chamar destino
ou livre arbítrio
tanto faz
tanto faz
e ninguém sabe de nada exatamente
apenas pensa q sabe
acha q sabe
e no final o fim é sempre igual pra todo mundo
enquanto isso penso em dizer algo
mas emudeço
mas me calo
mas me atenho aos teus olhos castanhos
olhando distraidamente por sobre meus ombros
para algum lugar ou alguma coisa
q não sei definir em palavras
e q me arrasta para uma possível compreensão de algo
pulsante como o mistério

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

garota

sabe de uma coisa, garota?
a vida sempre foi o q é
essa coisa sem sentido
sem pé nem cabeça
essa algaravia q nos escapa
e o cabrón do tempo a nos foder
mas, ainda estamos por aqui, certo?

então, garota q tudo se foda!
vamos aproveitar
a vida pq ela passa e não sabemos ao certo o q ela é
por isso fique comigo aqui agora
tome este gole comigo em meu colo, garota
e veja como bato bem com o taco de sinuca
veja o movimento preciso da bola pelo tapete verde
veja, isso garota!
me dê um beijo agora
e tudo estará bem mesmo q a morte seja
um sonho mau na poeira do teus cabelos, meu amor

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Da Série Filmografia: Donnie Darko

http://cine-cultz.blogspot.com.br/2015/06/donnie-darko-2001.html#more (online)

Uma fábula sobre o amadurecimento? Sobre o lado obscuro “dark” presente nos anos de juventude e seu flerte com coisas para “além da dita normalidade”? Um caso puramente psiquiátrico/ esquizofrênico? Talvez, algo sobre halloween? Quem sabe um filme sobre viagens no tempo e universos paralelos e o modo como isso afeta a “realidade”? Ou ainda: Um modo de se questionar os valores postos socialmente? De se indagar as instituições como a família, a escola, os valores morais? O filme é tudo isso e muitas outras coisas tbm. É principalmente uma história q nos prende na tela, q não dá vontade de parar de assistir, q nos faz querer compreender e ter certeza sobre o q se trata afinal de contas. O filme cumpre muito bem seu papel para além do entretenimento das horas de lazer. E faz isso de modo profundo e humano nos levando junto ao personagem indagar não apenas a história q vemos e sim a natureza da condição humana de modo geral.

 

Resultado de imagem para donnie darko

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

um gato na arritmia do outono

entre um lado e outro da folha o vazio
essa abrupta mudança de perspectivas
q o outono contempla
nada mais é do q uma corrosiva implosão de horizontes
admoestar-se ou desentender-se consigo mesmo
é apenas um modo desregrado de saber das coisas
sem q se saiba realmente

assim o café esfriando sobre a mesa
um poste ainda iluminado por uma réstia opaca de sol
e a colisão de dois cometas acobertados pelo profundo silêncio
daquilo q não sabemos nomear

um gato cai do telhado
surge absolutamente do nada
e cai do telhado
e entra na sua cozinha
e agoniza
e sua boca espuma e baba
demasiadamente o gato agoniza
e vc pensa em vc mesmo
e na morte
e sobre essas coisas todas na arritmia
do vazio

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

beduíno

I

és um barulho alucinógeno 
as vagas do mar
em preto e branco

vertigem

II

(aqui não cabem palavras)

III

de quantos contrários é feito o coração?

IV

penso no deserto e o abrevio. o q há são peles e espera. dramatizas ainda uma vez mais

V

és em mim a manobra de um fósforo, um fogo-fátuo, uma partícula elétrica

VI

aqui estão guardados os segredos dos dias e das noites

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

cenas da vida

I

para compreender é necessário sentar-se descalço no chão frio às 5 horas da tarde com um livro de poemas entreaberto entre as pernas e ler apenas o primeiro verso de uma página qualquer. então saberá.

II

a torre eiffel é um pênis iluminando o ocidente. alguém ri na cozinha. vc pensa em fotos em preto e branco e no amor.

III

três são os estados possíveis de elevação espiritual, mas ao q tudo indica estes foram substituídos por um smartphone.

IV

em cada uma das casas há uma inscrição em latim assemelhando-se a uma forma criptográfica. um carro estaciona. shopping lotado. o cartão te devora.

V

tudo é apenas uma citação apócrifa de um livro perdido num sebo empoeirado da rua maranhão.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized